cabeçalho CineEco2020

18h00
Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia

Hugo Simões: Finding a Place to Land

Finding a Place to Land é um título que pretende ser o fio condutor para a construção de um objeto artístico unitário, um ponto de partida onde a música e a imagem se fundem em poesia transdisciplinar de forma a despertar consciências para as fragilidades do mundo contemporâneo. Nesta performance, enquanto são executadas obras de música contemporânea para guitarra e electrónica, são projetadas imagens e vídeos, combinados com efeitos predefinidos - de acordo com a evolução do discurso musical – para emocionar, fazer as pessoas pensarem e sensibilizar o público para duas questões chave no nosso mundo contemporâneo: a crise climática e o problema dos refugiados.

Repertório Report

Steve Reich

Bruno Maderna

Natasha Barret

Andrew Staniland

Performance realizada pelo Festival DME em parceria com o Município de Seia.

A entrada é gratuita, mas os lugares são marcados. É necessário levantar bilhete previamente. Bilhetes podem ser levantados até à hora do espetáculo na bilheteira da Casa Municipal da Cultura de Seia no horário das 10h às 18 horas, de segunda a sexta-feira.

Finding a Place to Land is a title that intends to reflect the guiding idea of building a single artistic object, a launchpad, where music and images intertwine with multi-disciplinary poetry to raise awareness about the fragilities of the modern world.

In this performance, as contemporary guitar and electronic music plays in the background, images and videos are projected, combined with prearranged effects to fit into the musical discourse, designed to make people think and alert the audience to two key questions in our contemporary world: the climate crisis and the refugee problem.

A partnership between Seia Municipal Council and the DME Festival.

Admission is free, but seats must be booked in advance. Tickets can be picked up until the show time at the ticket office of the Municipal House of Culture in Seia between 10am and 6pm, Monday to Friday.

21h30
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

Pedro e os Lobos: Depois da Tempestade

Concerto de abertura do CineEco2020

Editado a 7 de fevereiro, é um disco que retrata os tempos que vivemos e que aponta caminhos. Depois da Tempestade, é tempo de união, de reconstrução, de solidariedade, é tempo de nos tornarmos mais humanos e acreditarmos que o todo é maior que a soma das partes. Esta é a mensagem, esta é a direção deste disco.

Musicalmente inspirado pelos grandes clássicos americanos, que vão de Bruce Springsteen, Bob Dylan, R.E.M. ou Neil Young, este é um disco recheado de paisagens sonoras que nos fazem viajar por espaços amplos, que nos contam histórias inspiradoras de gente normal, do dia a dia, quase sempre esquecida.

Neste disco os heróis são as pessoas que se levantam com o nascer do sol e enfrentam uma vida de trabalho duro a troco de um salário miserável e que mesmo assim sonham uma vida melhor para si e para todos. As vitórias e as derrotas, os momentos simples que se tornam especiais, os amigos, os amores e os desencontros, mas sobretudo o direito de continuar a sonhar que este pode ser um local melhor.

“Depois da tempestade “é um disco 100% orgânico, de partilha musical, criado na garagem e tocado ao vivo no estúdio.

Nelson Correia - Voz e Guitarra (Vocals and Guitar)

Pedro Galhoz – Guitarra (Guitar)

João Monteiro – Baixo (Bass)

Rui Freire – Bateria (Drums)

A entrada é gratuita, mas os lugares são marcados. É necessário levantar bilhete previamente. Bilhetes podem ser levantados até à hora do espetáculo na bilheteira da Casa Municipal da Cultura de Seia no horário das 10h às 18 horas, de segunda a sexta-feira.

Bilhetes podem ser levantados até à hora do espetáculo na bilheteira da Casa Municipal da Cultura de Seia no horário das 10h às 18 horas, de segunda a sexta-feira.

Pedro e os Lobos – After the Storm

Published on 7 February, it is a disk that portrays the times we are living through and points the roads forward. After the Storm, the time is for togetherness, reconstruction, solidarity, time for us to be more humane and believe that the whole is greater than the sum of the parts. This is the message; this is the direction the disk points in.

Drawing musical inspiration from the great American classics, ranging from Bruce Springsteen, Bob Dylan, R.E.M. or Neil Young, this is a disk full of sonorous landscapes that take us on a journey to ample places, speaking of inspiring stories of normal everyday people, who are almost always forgotten.

The heroes in this disk are the people who get up at the crack of dawn to face a life of arduous work in exchange for a miserable salary and who even so dream of a better life for themselves and for everybody. The victories and the defeats, the simple moments that turn into special ones, the friends, lovers and missed meetings, but above all the right to keep dreaming that this can be a better place.

“After the Storm” is a 100% organic disk of musical sharing, created in the garage and played live in the studio.

Admission is free, but seats must be booked in advance. Tickets can be picked up until the show time at the ticket office of the Municipal House of Culture in Seia between 10am and 6pm, Monday to Friday.

Tickets can be picked up until show time at the ticket office of the Municipal House of Culture of Seia from 10am to 6pm, Monday to Friday.

11h00

Sessões Especiais

11h00
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

SCOOBY (versão portuguesa)

Panorama Infantil - Extra competição

Scooby Doo, o cão alemão mais famoso (e medroso) do mundo animado, criado em 1969 pelas produções Hanna-Barbera, vive as suas aventuras no grande ecrã nesta comédia animada. A história começa quando, ainda cachorro, conhece Shaggy, o seu futuro melhor amigo. Por obra do destino, os dois acabam por se associar a Velma, Daphne e Fred e criar a Mystery Inc., a agência de detectives especializada em monstros e fantasmas. A partir daqui, entre sarilhos, perseguições e mistérios intrincados, as suas vidas vão assemelhar-se a uma grande produção de Hollywood.

Scooby Doo, the most famous (and fearful) Great Dane in the world of cartoons was created in 1969 by Hanna-Barbera Productions, playing out its adventures on the screen in this fun-packed comedy show. The story begins when, still a puppy, it meets Shaggy, its future best friend. By chance, they end up hooking up with Velma, Daphne and Fred and create Mystery Incorporated, the detective agency specialised in monsters and ghosts. From then onwards, between getting into trouble, chases and intricate mysteries, their lives resemble a huge Hollywood production.

14h30
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição de Séries e Reportagens Televisivas
  • Television Series And Reports Competition
  • Tânia Paiva, Portugal 2019,
  • Doc., Rádio Comercial (36')
Um mar de lixo

“Um Mar de Lixo” é um documentário sobre a maior ação de limpeza de praias em Portugal. Um trabalho da autoria da jornalista Tânia Paiva e Tiago Mendes dos Santos que acompanharam a associação Brigada do Mar ao longo de 18 dias de limpeza nas praias do concelho de Grândola, em Portugal. Foram encontradas toneladas de lixo, desde garrafas de plástico, cotonetes, redes de pesca, lâmpadas fluorescentes e muito, muito mais. Em maio de 2019, durante a realização deste documentário, centenas de voluntários recolheram 20 toneladas de lixo, ao longo dos 45 quilómetros da costa entre Troia e Melides.

“Um Mar de Lixo” is a documentary about the biggest cleaning initiative carried out on Portugal’s beaches. Produced by the journalist Tânia Paiva and Tiago Mendes dos Santos, who accompanied the Sea Brigade association for 18 days cleaning the beaches in the council of Grândola, in Portugal. Tonnes of rubbish were collected, ranging from plastic bottles, cotton buds, fishing nets, lightbulbs and much, much more. In May 2019, during the making of this documentary, hundreds of volunteers collected 20 tonnes of rubbish along the 45 kilometres of coastline between Troia and Melides.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=4aYzjSl0Vek

  • Maria Nelma Guimarães Serpa Pinto, Portugal 2020,
  • Doctv. SIC (22')
O Renascer da Praia

São Tomé e Príncipe é um dos poucos locais do mundo onde se podem encontrar quase todas as espécies de tartarugas marinhas. Mas neste arquipélago, a tartaruga é sinónimo de dinheiro. Salvar estes répteis em vias de extinção da captura para consumo humano é uma luta que tem 17 anos. Uma lei mudou a vida de milhares de santomenses.

São Tomé e Príncipe is one of the few places in the world where you can find almost all species of sea turtles. But in this archipelago, the turtle is synonymous with money. Saving these endangered reptiles from capture for human consumption is a fight that has been fought for 17 years. A law changed the life of thousands of inhabitants of the islands.

17h00
Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia

Festivais de Cinema, e agora?

Nesta situação inesperada de pandemia e com as restrições impostas, tendo em vista a Saúde Pública, como é que os festivais se estão a organizar de forma a dar continuidade às suas edições e atividades? Para além disso, os festivais de cinema ganharam uma função extra nos últimos anos, como uma ferramenta importante na luta contra o streaming. Muito embora os festivais se afirmem como pontos de encontro e de diálogo, será que, atualmente, as exibições em plataformas online estarão a retirar a essência dos eventos?

Moderador (Moderator): Mário Branquinho, membro da direção do CineEco.

Oradores (Speakers): Ilda Santiago, Diretora do Festival de Cinema do Rio de Janeiro (Brasil) e Fernando Vasquez, - Festival Novos Realizadores | Novo Cinema, Espinho

| Transmissão simultânea no canal do Facebook do Festival. |

Cinema festivals, what now?

In this unexpected backdrop of the pandemic and with all the restrictions it entails to protect Public health, how can festivals organise themselves to continue being held? Furthermore, cinema festivals have gained an extra function in recent years, as an important factor in the fight against streaming. Although festivals see themselves as meeting points and places for dialogue, is the availability of online viewing eroding the essence of these events?

| Simultaneous transmission on the Festival’s Facebook page. |

21h30
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Internacional Longas-Metragens
  • International Feature Film Competition
  • Jared P. Scott
  • Reino Unido 2019
  • Documentário 92'
The Great Green Wall

Com produção-executiva de Fernando Meirelles (diretor de Cidade de Deus, O Jardineiro Fiel e Dois Papas), o filme acompanha Inna Modja, cantora e ativista do Mali, numa jornada épica pela Grande Muralha Verde da África — uma iniciativa ambiciosa para fazer crescer um “muro” de oito mil quilómetros de árvores que se estende por toda a largura do continente para restaurar a terra e fornecer um futuro para milhões de pessoas. Atravessando o Senegal, Mali, Nigéria, Níger e Etiópia, Modja segue a florescente Grande Muralha Verde pela região do Sahel - um dos lugares mais vulneráveis da Terra, onde as temperaturas sobem 1,5 vezes mais rápido que a média global-, revelando as graves consequências da degradação severa do solo e da aceleração da mudança climática. A muralha visa combater o aumento da desertificação, da seca, da escassez de recursos, da radicalização, dos conflitos e da migração.

With executive production by Fernando Meirelles (director of City of God, The Constant Gardener and The Two Popes), the film follows Inna Modja, a singer and activist from Mali, on an epic journey along the Great Green Wall of Africa, an ambitious project that involves the growth of a “wall” of trees eight thousand kilometres long that stretches the whole breadth of the continent to restore land and provide a future to millions of people. Crossing Senegal, Mali, Nigeria, Niger and Ethiopia, Modja follows the flourishing Great Green Wall in the region of Sahel, one of the most vulnerable places on earth, where temperatures have risen 1.5 times faster than the global average, leading to the serious consequences of severe soil degradation and accelerated climate change. The wall aims to fight the increasing desertification, drought, scarcity of resources, radicalisation, conflicts and migration.

Trailer: https://cineuropa.org/en/video/rdid/375655/

10h00
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Internacional de Curtas-Metragens
  • International Short Film Competition
  • Nicolas Conte, Argentina 2019,
  • Animação (9')
Entre Baldosas

Uma flor bela e delicada cresce no meio da selva de asfalto. Uma lata de lixo da rua é testemunha dos maus-tratos infligidos à flor na via pública poluída. Preocupada com esse tormento, a lata de lixo tenta encontrar uma forma de proteger a flor.

A beautiful and delicate flower grows in the middle of the asphalt jungle. A street rubbish bin witnesses the mistreatment of the Flower in the polluted public way. Concerned about her torment, the rubbish bin seeks a way to protect her.

Trailer: https://vimeo.com/392959370

  • Lev Voloshin, Moldávia 2019,
  • Animação (1')
The Flat

Todos os dias, todos nós produzimos lixo: no emprego, na escola, em casa, ao darmos um passeio. Em qualquer lado. Este filme curto descreve a viagem do lixo no planeta. O fim do filme deixa a questão em aberto: qual é o destino final do lixo?

Every day, each and every one of us produces garbage: at work, at school, at home, on a walk. Everywhere. The short film describes the journey of trash on the planet. The ending of the film leaves open the question: what is the final destination of garbage?

  • Dogus Ozokutan, Turquia 2020,
  • Animação (3')
Çoban (The Shepherd)

The Shepherd começa por contar a sua história, descrevendo como começou a vida na terra, progredindo até à hipótese da Panspermia… A primeira criatura que emergiu da água e foi para terra… Evolução da humanidade… O esforço infindável para controlar a natureza… The Shepherd conta a história da destruição que a humanidade trouxe ao mundo, pensando como um bebé recém-nascido: O mundo consiste apenas dele próprio e tudo o resto é sua extensão.

The Shepherd starts telling its story by depicting how life on earth began, progresses through the hypothesis of the Panspermia… The first creature emerging from the water moving to the land… Evolution of the humankind… The endless effort to control the nature… The Shepherd tells the story of the destruction humankind brought to the world by thinking just like a newborn baby: The world consists of only himself and everything else is his extension.

  • Cesar Diaz Melendez, Espanha 2020,
  • Animação (2')
Maji (Water)

A viagem da água e os seus problemas connosco.
Um filme de animação de areia.

The water journey and its problems with us. A Sand animation film.

Trailer: https://vimeo.com/432796734

  • Ivan Stur & Javier I. Luna Crook, Argentina 2019,
  • Animação (11')
Quma Y Las Bestias

Há 12 mil anos, na América do Sul, um garoto chamado Quma aspirava tornar-se caçador. A experiência de despertar espiritual em uma jornada sozinho na natureza selvagem muda sua perspectiva para sempre.

Twelve thousand years ago, in South America, a boy called Quma aspired to be a hunter. A spiritual awakening experience during a solitary venture in the natural wilderness changes his perspective forever.

Trailer: https://drive.google.com/file/d/177W79p5o_87jLGrIYHQYPfMZm_6qdKNf/view?usp=sharing

  • Eva Maria Urbano Mora, Espanha 2019,
  • Animação (4')
Éden

Rufina prepara-se para passar um dia no campo, rodeada de paz e de natureza, mas será tão simples quanto parece?

Rufina is ready to spend a field day, surrounded by peace and pleasant nature, will it be as simple as it seems?

  • João Católico – Serviço Educativo – CINANIMA, Portugal 2019,
  • Animação (5')
Amizade Ardente

Quando um incêndio deflagra na floresta, todos os animais fogem em pânico, à exceção de um pavão apaixonado por si mesmo.

When a fire roars through a forest, all the animals flee in panic, apart from a peacock, in love with itself.

  • Thomas Sady e Maria Chiara D’Agostino, França 2020,
  • Animação (15')
Mandala

Se o homem veio para arranjar imagens, é porque as descobriu em seu redor quase formadas, já ao seu dispor. Viu-as num osso, na cavidade de uma gruta, num pedaço de madeira… Uma forma sugeriu a mulher, outra um bisonte, outra a cabeça de um monstro.
Este filme é realizado apenas com elementos naturais inalterados e foi filmado com luz natural.
Ao mostrarmos como o material mais insignificante oculta em si uma beleza fascinante, pretendemos colocar em destaque a conexão primordial e vital que nos une à natureza.

If the man came to fix images, it is because he discovered them around him almost formed, already at hand. He saw them in a bone, in the dent of a cave, in a piece of wood … One shape suggested the woman, the other a bison, another one the head of a monster. This film is made up only of unmodified natural elements and was shot in natural light. By showing that the most insignificant material conceals in it a fascinating beauty, we wish to highlight the primordial and vital connection which unites us with nature.

Trailer: https://vimeo.com/395207633

  • Bruno Caetano, Portugal 2019,
  • Animação (11')
O Peculiar Crime do Sr. Jacinto

Numa cidade onde a natureza foi proibida, o pequeno crime de um homem simples desencadeia consequências inesperadas.

In a city where nature has been forbidden, a small crime by a simple man triggers a chain of unexpected consequences.

Trailer: https://vimeo.com/372839003

  • João Católico – Serviço Educativo – CINANIMA, Portugal 2019,
  • Animação (5')
Uma Árvore de Natal nas Dunas

O Pai Natal foi comprar presentes, no regresso a casa deixa cair uma semente especial nas dunas.

Father Christmas went to buy presents, and when returning home, he dropped a special seed in the dunes.

11h00
Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição De Longas Metragens Em Língua Portuguesa
  • Portuguese Language Feature Film Competition
  • Tiago Carvalho
  • Brasil 2020
  • Documentário 70'
O Índio cor de rosa contra a fera invisível

Entre as décadas de 40 e 70, o médico de saúde pública Noel Nutels viajou pelo interior do Brasil, proporcionando cuidados de saúde médicos às populações indígenas, rurais e ribeirinhas. Noel filmou muitas das suas expedições em filme de 16mm. Em 1968 foi convidado para falar sobre a situação das populações indígenas numa comissão parlamentar de inquérito, alguns dias antes da radicalização da ditadura no Brasil. Os seus filmes inéditos e o registo do seu discurso na comissão estão reunidos em “O Índio Cor de Rosa Contra a Fera Invisível”, para denunciar aquilo a que Nutels chamou o histórico massacre contra o povo indígena.

Between the 40’s and 70’s, the public health physician Noel Nutels travelled around inland Brazil providing medical care to indigenous, rural and riverside populations. Noel filmed many of his expeditions on 16mm film. In 1968 he was invited to speak on the indian situation at a parliamentary inquiry commission, a few days before the radicalization of the dictatorship in Brazil. His unpublished films and the record of his speech at the commission come together in “The Pink Indian Against the Invisible Beast” to denounce what Nutels called the historic massacre against indigenous people.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=1CuXCzCTYMw

14h30
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição de Séries e Reportagens Televisivas
  • Television Series and Reports Competition
  • Miguel Cortes Costa e Ricardo Guerreiro , Portugal 2020,
  • Documentário (40')
Malcata - Conto de uma Serra Solitária

A Malcata, localizada entre Portugal e Espanha, é uma terra de transição, de valores e tradições; um espaço de encontros e influências, mas sempre dominado pela imponência do vazio. Desde o tempo dos Romanos que os habitantes abriram esta terra na procura de minérios, manipularam os cursos de água, resistiram a invasões e utilizaram a fronteira para passar bens e homens. Esta viagem leva-nos a conhecer o Abutre-preto; marcas de animais pré-históricos; as paradas nupciais dos mergulhões e o Lince-ibérico, felino mais ameaçado do Mundo, que ainda se mantém vivo na memória dos habitantes.

Malcata, located between Portugal and Spain, is a place of changing values and traditions; A place of meetings and influences but always dominated by the magnificence of vast emptiness. Since Roman times, the inhabitants have opened this land in search of minerals, manipulated watercourses, resisted invasions and used the border to smuggle goods and people. This journey allows us to meet the black vulture; the vestiges left by prehistoric animals; the mating grounds of grebes, and the Iberian lynx, the most endangered cat species in the world, which remains alive in the memory of the locals.

Trailer: https://vimeo.com/447097598

  • Rui Pedro Lamy, Portugal 2019,
  • Documentário (27')
Os Enigmas do Cabeço da Mina

Como numa rotação cósmica com epicentro no vale da Vilariça, percorrem-se os principais vestígios arqueológicos conhecidos da região transmontana - beirã, desde a arte dos caçadores-recoletores do paleolítico (Mazouco, Côa) até aos habitats, arquiteturas funerárias megalíticas e outros locais sagrados dos primeiros agricultores e pastores. Chega-se, por fim, ao fulcro desta história: o Cabeço da Mina, uma pequena colina situada num vale que se evidencia como uma terra de promissão para as primeiras comunidades agropastoris.

Like a cosmic rotation with Vilariça valley as its epicentre, the main archaeological vestiges discovered in the Trás-os-Montes and Beirã region are visited, ranging from the art of the Palaeolithic hunter-collectors (Mazouco, Côa) to the habitats, megalithic tombs and other sacred sites of the first farmers and shepherds. Finally, we arrive at the fulcrum of this story: Cabeço da Mina, a small hilltop located in a valley that has evidence of being a promised land for the first agricultural communities.

14h30
Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição de Curtas-Metragens em Língua Portuguesa
  • Portuguese Language Short Film Competition
  • Patricia Pedrosa, Portugal 2020,
  • Documentário (21')
Vi(r)agens

Nesta pausa planetária, o medo confrontou-nos com as nossas limitações. “É crucial uma consciência coletiva.”, como defende Matilde Alvim, estudante, ativista. Quem são os que mobilizam uma multidão? Que dão a alma por uma causa? Hoje, a causa comum é: salvar a espécie humana da extinção. Cuidar da Terra com “t” maiúsculo e amar. Por amor civil e político manifestam-se todas as ações que procuram construir um mundo melhor (Laudato Si, 228). Este documentário realizou-se no âmbito do projeto “Juntos pela Mudança II.”

In this time with the planet put on pause, fear has made us face up to our limitations. “A collective conscience is crucial,” argues Matilde Alvim, a student and activist. Who is pulling the strings of the multitudes? Who gives their soul to a cause? Today, there is a common cause: saving the human species from extinction. Caring for the Land with a capital “L” and love. Through civil and political love, all actions are manifesting themselves that seek to build a better world (Laudato Si, 228). This documentary was made as part of the “Together for Change II” project.

Trailer: https://vimeo.com/380666407

  • Kristen van Schie, Portugal e África do Sul 2020,
  • Documentário (11')
Kids These Days

Flôr, uma rapariga de 17 anos, quer salvar o mundo. Passa os seus dias a planear protestos e em guerrilha pela plantação de árvores – é apenas uma jovem entre os milhares de jovens que lutam atualmente pela justiça climática. Mas com os adultos do mundo a não darem uma resposta rápida à crise, os adolescentes têm de suportar sozinhos esse pesado fardo.
A luz do dia há muito que desapareceu, e o canto do pardal está a enfraquecer. A chegada da noite será sempre penosa.

17-year-old Flôr wants to save the world. She spends her days planning protests and guerilla tree plantings – just one of the thousands of kids these days fighting for climate justice. But with the adults of the world failing to respond to the crisis fast enough, teenagers are left to bear the heavy burden alone.

Trailer: https://youtu.be/34RGV_tFGPU

  • Pedro Neves Marques, Portugal 2020,
  • Documentário (26')
A Mordida (The Bite)

Entre uma casa na mata atlântica e uma fábrica de mosquitos geneticamente modificados em São Paulo, uma relação poliamorosa e não-binária procura sobreviver a uma epidemia que atravessa o Brasil. Enquanto no interior da fábrica milhares de mosquitos nascem diariamente – um exército de insetos prestes a ser distribuído pelo país –, as tensões e relações de poder entre Helmut, Calixto e Tao agravam-se. A Mordida é um filme algures entre o terror, a ficção científica e um drama.

Between a house on the Atlantic woodland and a factory of genetically modified mosquitos in São Paulo, a polyamorous and non-binary relationship seeks to survive an epidemic that is sweeping through Brazil. While inside the factory thousands of mosquitos are born every day, an army of insects ready to be distributed throughout the country, the tensions and power relations between Helmut, Calixto and Tao worsen. A Mordida (The Bite) is a film somewhere between the genres of terror, science fiction and drama.

17h00
Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia

Film Comissions – Cinema e territórios

As Film Commissions são entidades que utilizam espaços naturais como cenários de filmes, de forma a promover os territórios e a captar financiamentos para as regiões. Para esta indústria, o atrativo consiste na redução de custos das produções ao evitar a construção de cenários artificiais e no maior realismo que pode ser conferido aos filmes. Estas filmagens, além dos benefícios económicos que geram, são oportunidades para promover as riquezas naturais da região.

Moderador (Moderator): Bruno Manique, Film Commission do Centro, CineEco

Oradores (Speakers): João Paulo Macedo, Bando à Parte e Minho Film Commission e Manuel Claro, Portugal Film Commission

| Transmissão simultânea no canal do Facebook do Festival. |

Film commissions - cinema and territories

Film Commissions are entities that use natural landscapes as film sets to promote territories and bring finance to the regions. For the industry, the attraction lies in reduced production costs by avoiding the need to build artificial scenarios and greater realism afforded to the films. This filming, in addition to the economic benefits generated, are ideal opportunities to promote the natural features of a region.

| Simultaneous transmission on the Festival’s Facebook page. |

18h00
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Internacional Longas-Metragens
  • International Feature Film Competition
  • Dmitriy Shpilenok
  • Rússia 2020
  • Documentário 51'
Sockeye Salmon Red Fish

Sockeye, uma espécie de salmão selvagem, nasce nas águas de Kamchatka e passa toda a sua vida no Oceano Pacífico. Apenas por uma vez regressa à água doce - para desovar, iniciar o círculo da vida, e morrer. É um recurso inesgotável que alimenta milhares de milhões de pessoas no planeta, restaurado a cada ano! Mas em breve poderemos estar face ao inimaginável: os seres humanos esgotando o inesgotável!

Sockeye, a species of wild salmon, is born in Kamchatkan waters and spends its entire life in the Pacific Ocean. Only once does it return to fresh waters - to give offspring, start the circle of life, and die. It is an inexhaustible resource that feeds billions of people on the planet, restored every year! But soon, we may find ourselves facing the unimaginable: humans will exhaust the inexhaustible!

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=aJYY1TfxqLkq

21h30

filmes

21h30
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Internacional Longas-Metragens
  • International Feature Film Competition
  • Oriane Descout
  • França e Brasil 2020
  • Documentário 95'
Castelo de Terra

Em 2012, a diretora francesa Oriane Descout abandonou a sua vida de classe média na Europa para encontrar o seu destino a 9 000 km de distância. Ao longo de uma jornada de 7 anos, registou os desafios enfrentados e descobriu um novo estilo de vida: rural, coletivo, autogerido, anticapitalista, sustentável e ecológico. No Brasil, conheceu o seu companheiro e realizou o seu maior sonho - um utópico “Castelo de Terra”.

In 2012, the French director Oriane Descout left her middle-class life in Europe to find her destiny 9,000 km away. Throughout a 7-year journey, she recorded the challenges and discovered a new lifestyle: a rural, collective, self-managed, anti-capitalist, sustainable and ecological existence. In Brazil she met her partner and fulfilled her biggest dream – a utopian “Earth Castle”.

Trailer: https://vimeo.com/363277157

10h00
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Internacional de Curtas-Metragens
  • International Short Film Competition
  • Vlad Bolgarin, Moldávia 2019,
  • Animação (15')
Of (Sigh)

Numa cidade cinzenta, coberta de nevoeiro e smog, vive um homem comum. Tem tudo o que é necessário para uma vida simples e normal, mas não parece ter qualquer desejo ou alegria. Está sempre a suspirar, sem razão, até que um dia seca e encolhe, ficando do tamanho de um pau. Então, aparece um rapaz colorido num triciclo, com balões, e tenta ajudá-lo, mas o homem ignora o rapaz. O herói tenta de diversas maneiras regressar àquilo que era, mas falha sempre e acaba por desistir. Quando já não há esperança, o rapazinho colorido aparece, enche-o de ar e põe-lhe um pedaço de fita adesiva na boca. O herói toma a forma de um balão e voa sobre a cidade, passando através do nevoeiro. Por fim, chega ao céu onde vê tudo colorido pela primeira vez na sua vida. Retira a fita adesiva da boca e o ar sai com força, espalhando o nevoeiro que cobre a cidade. O herói cai e aterra no cesto do triciclo do rapaz. Ambos percorrem a cidade luminosa e colorida até que encontram um homem cinzento, sentado, e com um olhar desesperado. Param, olham um para o outro e decidem ajudar o homem cinzento da mesma forma.

In a grey town, covered with fog and smog, an ordinary man lives. He has everything necessary for a simple and ordinary life, but he does not seem to have any desire or joy. He always sighs, without reason, until one day he dries out and shrinks to the size of a stick. Then, a colored boy appears, on a tricycle, with balloons, and he tries to help him, but the man ignores the boy. The hero attempts in several ways to return to his normal self, but fails everytime and ends up surrendering. When there is no hope, the little colourful boy appears and pumps him up with air, then puts a piece of tape on his mouth. The hero takes the form of a balloon and rises above the city, passing through the fog. Finally, he gets to the sky where he sees everything in colour for the first time in his life. He pulls the tape off of his mouth and the air comes out with force, spreading the fog that covers the city. The hero falls to the ground and lands in the basket of the boy’s tricycle. Both of them roam the bright and colourful city until they find a grey man sitting down with a desperate look. They stop, look at each other and decide to help the grey man in the same way.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=lFA0CDFODS8

  • Bruno Carnide, Portugal 2020,
  • Animação (3')
Solstício

Quando deixou de haver diferença entre os dias e a noites, e o ar se tornou quase irrespirável, um homem caminha com uma missão.

When there was no longer difference between day and night, and the air became almost unbreathable, a man walks with a mission.

  • Robin Lochmann, Alemanha e Irlanda 2019,
  • Animação (15')
Them

A uma aldeia esquecida, onde todos são praticamente iguais, chega um novo e autoproclamado líder que muda o modo de vida local. Cavam-se linhas divisórias à medida que a sociedade outrora unificada é despedaçada e segregada. THEM é um conto de fundo moral acerca das ideologias falaciosas, das lideranças destrutivas e sobre o que é ser-se um estrangeiro. Mas mais importante ainda, é um filme que celebra o que temos em comum e não o que nos separa.

In a forgotten village, where everyone is cut from the same cloth, a new, self-proclaimed leader arrives changing the local way of life. Dividing lines are carved out as the once unified society is torn and segregated. THEM is a cautionary tale of misguided ideologies, destructive leadership and of being an outsider. But most importantly, it is a film about celebrating what we have in common rather than what separates us.

Trailer: https://vimeo.com/336328382

  • João Católico – Serviço Educativo – CINANIMA, Portugal 2019,
  • Animação (5')
Amizade em Alto mar

Após alguns dias sem ir pescar, três amigos pescadores saem para o mar, no recolher das redes só apanham lixo, decidem então pedir ajuda a uns mergulhadores para investigar o que se passa no fundo do mar.

After several days fishing, three fisherman friends set off to sea. When casting their nets, they capture only rubbish. They decide to ask for help from divers to investigate what is happening at the bottom of the sea.

  • João Católico – Serviço Educativo – CINANIMA, Portugal 2019,
  • Animação (5')
Espinhópolis – O Mundo Invertido

Num Mundo invertido Catarina, uma sardinha, ocupa os seus tempos livres a ver TV e nas redes sociais, João, um carapau, decide convidá-la para pescar humanos.

In an upside-down world, Catarina is a sardine who spends her free time watching TV and on the social networks. João, a mackerel, decides to invite her to fish humans.

  • João Católico – Serviço Educativo – CINANIMA, Portugal 2019,
  • Animação (5')
O Guardião de Papel

Um robot de cartão apaixonado é o zelador de um papelão numa tentativa de conseguir uma boca para conquistar a sua paixão, vai parar ao hospital. Um intruso de plástico vê assim a sua oportunidade de contaminar este paraíso.

A cardboard robot who is in love chases after a large piece of board, in an attempt to make a mouth to seduce the object of his passion and ends up in hospital. A plastic intruder sees his chance to contaminate this paradise.

  • João Católico – Serviço Educativo – CINANIMA, Portugal 2019,
  • Animação (5')
Gente Tola

Enquanto os humanos poluem e destroem as belas praias da costa do Furadouro, caranguejos, gaivotas e outros animais limpam. Cansado, um caranguejo decide agir.

While humans pollute and destroy the beautiful beaches of the Furadouro coast, crabs, seagulls and other animals clean up after them. Tired of the situation, a crab decides to act.

11h00
Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição De Longas-Metragens em Língua Portuguesa
  • Portuguese Language Feature Film Competition
  • Nuno Tavares
  • Portugal 2020
  • Documentário 73'
A Alma de um Ciclista

Através de um grupo de ciclistas “clássicos” e do seu interesse comum pela bicicleta clássica, vamos descobrir valores que se vão perdendo na nossa sociedade moderna, como a importância da amizade, da ecologia, da valorização do antigo, da rejeição ao consumismo e, de outras premissas importantes para atingir uma vida mais feliz, mais simples e mais preenchida com o que realmente importa. Tal como na vida, neste documentário, as bicicletas transportam-nos na nossa descoberta, na nossa reflexão.

Through a group of “classic” cyclists and their common interest in the classic bicycle, we’ll discover values that are being lost in our modern society, such as the importance of friendship, ecology, valuing the old, minimalism and, other important premises to achieve a happier, simpler and more fulfilled life with what really matters. As in life, in this documentary, bicycles transport us in our discovery, in our reflection.

Trailer: https://vimeo.com/394657083

14h30
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição de Séries e Reportagens Televisivas
  • Television Series And Reports Competition
  • Henry M. Mix e Boas Schwarz, Alemanha 2020,
  • Documentário (52')
On Thin Ice

No Ártico russo, as alterações climáticas são uma questão que já não se coloca. Estão a acontecer, agora e a um ritmo preocupante. Os cientistas afirmam que o ponto crítico já foi alcançado há anos. Desfiladeiros gigantes estão a abrir-se no gelo permanente do subsolo. Os incêndios alastram na taiga. Desesperados por comida, ursos polares vagueiam pelas aldeias e mesmo pelas cidades. As renas selvagens mudaram a sua migração anual. E a vida dos pastores de renas do Ártico está sob pressão. Os seus meios de subsistência estão virtualmente a derreter. Foi aberta a caixa de Pandora. O destino das pessoas e da vida selvagem está em risco, tal como todo o Ártico.

In the Russian Arctic, climate change is not a question anymore. It is happening, now and at a worrying pace. Scientists say that the tipping point was reached already years ago. Gigantic canyons are opening up in the permafrost. Fires are rushing over the taiga. Desperate for food, polar bears are rambling across villages and even cities. Wild reindeer change their annually migration. And the life of arctic reindeer herders is under pressure. Their livelihoods are virtually melting away. Pandora’s box has been opened. The fate of people and wildlife is at stake as is the entire Arctic.

14h30
Autitório da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Curtas-Metragens em Língua Portuguesa
  • Portuguese Language Short Film Competition
  • Nevena Desivojević , Portugal e Sérvia 2019,
  • Documentário (20')
Lá fora as laranjas estão a nascer (Outside the oranges are blooming)

No alto das montanhas, um homem vive só numa aldeia defunta. Errando pela natureza enevoada, vagueando entre as paredes do seu escuro lar, ele aguenta a sua condição humana que o condena a servir o mundo que ele abandonou.

Among the mountains, a man endures alone in a disappearing village. Wandering through the misty nature, roaming between the walls of his dark house, he bewails his condition as a man doomed to serve the surroundings he has rejected.

Trailer: https://vimeo.com/359985845

  • Eduardo Brito, Portugal 2019,
  • Documentário (6')
Ursula

Entre a cidade mais a norte do mundo, numa longa noite polar, e um lugar a sul, numa manhã nevoenta de verão, acontece um sonho e todas as suas dúvidas.

Between the northernmost city in the world, on a long polar night, and a foggy summer morning in the south, a dream, with all of its doubts, takes place.

Trailer: http://www.eduardobrito.pt/ursula.html

  • Francisca Magalhães, Joana Tato Borges e Maria Canela, Portugal 2019,
  • Documentário (18')
Há Alguém na Terra (There's someone on earth)

O dia já vai longo e a canção do pardal é cada vez mais fraca. A chegada da noite será sempre um desconsolo.

The day is long gone and the sparrow’s song is getting weaker. The night’s arrival will always be heartbreaking.

Trailer: https://filmfreeway.com/Theressomeoneonearth973

  • Lara Plácido, Portugal e Cabo Verde 2020,
  • Documentário (7')
Dadeci

DADECI é uma cidade igual a todas as outras, ordenadas à beira mar plantada.

DADECI is a city like all others, nestling besides the sea.

Trailer: https://vimeo.com/448085367

17h00
Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia

As Novas Tecnologias e a Educação Ambiental

As novas tecnologias cada vez mais ocupam um papel preponderante na educação dos mais novos. Redes Sociais, Imagem e Vídeo, Mensagens Instantâneas fazem parte do léxico dos jovens dos dias de hoje. Atualmente e em situação de Pandemia fomos todos atirados para o mundo digital passando a educação a ter que fazer parte desta nova forma de comunicação e de estarmos juntos. Também a Educação Ambiental se está a adaptar a esta nova forma de estar. Qual será o caminho?

Moderador (Moderator): Nuno Barros, Lipor

Oradores (Speakers): Emanuel Monteiro, serviço educativo LIPOR e Filipa Fernandes, Pavilhão da Água, Aquaporto (Porto)

| Transmissão simultânea no canal do Facebook do Festival. |

New technologies and environmental education

New technologies play an increasingly important role in the education of the young. Social Networks, Images and Videos, Instant Messages, are part of the lexicon of today’s youngsters. The pandemic has thrust us all into the digital world, with education having to embrace this new form of communicating and being with one another. Environmental Education is adapting to this brave new world too. What lies ahead?

| Simultaneous transmission on the Festival’s Facebook page. |

18h00

filmes

18h00
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Internacional Longas-Metragens
  • International Feature Film Competition
  • Jaime Murciego & Pablo Iraburu
  • Espanha 2019
  • Documentário 80'
Cholitas

Cinco mulheres indígenas bolivianas vão iniciar uma expedição única. Como símbolo de libertação e emancipação, propõem-se escalar a montanha mais alta da América. A imagem é impressionante: escalam vestidas com as suas saias tradicionais. São mais do que escaladoras: são mulheres corajosas que encontram na montanha um espaço onde se sentem livres, felizes e vivas. A aventura que vão viver mostrará ao mundo uma forma inspiradora de ser mulher, de viver a tradição e de relacionamento com a Mãe Natureza.

Five Bolivian indigenous women are involved in a unique expedition. As a symbol of liberation and empowerment, they propose to climb the highest mountain in America. Her image is amazing: they climb wearing their traditional skirt. They are more than climbers, they are brave women who find in the mountain a space to feel free, happy and alive. Their adventure will show the world an inspiring way to be a woman, to live tradition and to relate to Mother Nature.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=kAvmDcp7ijI

Mais informação: https://cinemagavia.es/documental-cholitas-estreno-movistar/

21h30
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Internacional Longas-Metragens
  • International Feature Film Competition
  • Roberto San Pietro
  • Itália 2019
  • Ficção 110'
Il Vegetariano - The Vegetarian

Krishna, filho de um Brâmane, vive em Itália, onde ordenha vacas; o contacto com estes animais fá-lo recordar a sua infância na Índia, caracterizada por um grande respeito pela natureza; ao saber que uma vaca improdutiva vai ser abatida, tem de fazer uma escolha difícil: aceitar a cultura em que vive ou seguir a sua consciência?

Krishna, son of a Brahmin, lives in Italy, milking cows; this contact with them takes him back to his childhood in India, characterised by a great respect for nature; when an unproductive cow is to be slaughtered he has to make a hard choice: accept the culture he lives in or follow his conscience?

Trailer: https://cinando.com/en/Film/the_vegetarian_315445/Detail#informations

10h00
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Internacional de Curtas-metragens
  • International Short Film Competition
  • Loris Lamunière e Charles Mercier, França 2019,
  • Animação-Documentário (13')
Dar(k)win Project

Este mockumentary animal ficcionado leva-nos a um futuro imaginário e distante em que a vida subaquática, tal como a conhecemos hoje, foi completamente substituída por uma nova geração de espécies, feitas de plástico.

This fictional animal mockumentary places us in a distant imaginary future where life underwater as we know it today has been completely replaced by a new generation of species, made of plastic.

  • Fernando Martin Borlán, Espanha 2019,
  • Documentário (4')
Iceberg Nations

Num cenário de massas de gelo que estão a desaparecer, a impermanência e a natureza arbitrária das fronteiras e das reivindicações nacionais são analisadas.

Against a backdrop of vanishing masses of ice, impermanence and the arbitrary nature of borders and national claims are examined.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=3OhHuOpBZY8

  • Pilar Aldirico, Argentina 2019,
  • Documentário (3')
Soy Ramón

Ramón, um filhote de foca, foi salvo de um derramamento de petróleo quando tinha apenas alguns dias de vida. Vive agora num centro de salvamento de animais marinhos, com outros animais que também passaram por problemas causados pelo plástico. A história de Ramón é sobre esperança e sobrevivência. Que oceano lhe deixamos?

Ramón, a fur seal pup, was rescued from an oil spill when he was just a few days old. He lives now in a marine wildlife rescue center, with many animals that also carry plastic issues. Ramon’s story is about hope and survival. Which ocean do we leave to him?

  • Gustavo Neves, Grécia, Portugal e Inglaterra 2019,
  • Documentário (28')
Meraki

Meraki, do grego, significa fazer algo com toda a nossa alma, criatividade e amor. Criar a partir da essência, com paixão nos nossos corações. Neste trail veremos como um diretor da Sociedade de Proteção de Tartarugas Marinhas da Grécia, uma herborista da ilha, um professor de dança e um instrutor de mergulho recorrem à prática quotidiana das suas profissões para se ligarem à natureza. Procurando equilíbrio em mundos que estão em constante mudança, aprendemos lições com as tartarugas marinhas, escutamos os ritmos condutores das plantas e viajamos imersos no poder transformador da dança.

Meraki, from Greek, means to do something with all your soul, creativity and love. Create from the essence with passion in your heart. On this trail we learn how a director from the Sea Turtle Protection Society of Greece, a local Island herbalist, a dance teacher and a dive instructor, rely on their day to day practice to connect with nature. Seeking balance in ever changing worlds we visit lessons from sea turtles, listen for the guiding rhythms of plants and travel immersed in the transformative power of dance.

  • Taylor Rees, EUA 2020,
  • Documentário (20')
From Kurils With Love

Vladimir, um biólogo de mamíferos marinhos um pouco conflituoso que começa a envelhecer, apanha uma boleia inesperada a bordo de um barco repleto de fotógrafos de aventura, por necessitar desesperadamente de regressar às suas estações de monitorização científicas. Duas semanas antes, o seu barco perdera-se devido à erupção do vulcão Raikoke. Está numa missão que lhe permita ajudar a conhecer e proteger as ilhas Kuril, antes que a sua idade o impossibilite, e toda a equipa parte rumo a uma das mais remotas e acessíveis cadeias de ilhas vulcânicas do mundo para tentar ajudar Vladimir.

Vladimir, a scrappy but aging Russian marine mammal biologist, unexpectedly hitch hikes aboard a boat filled with adventure photographers out of a desperate need to return to his science monitoring stations. His boat, 2 weeks prior, was lost to the explosion of the Raikoke volcano. He is on a mission to help fulfill his quest to understand and protect the Kuril Islands before his age fails him, and so together the team sets out in one of the most remote and accessible volcanic island chains in the world to help Vladimir.

11h00
Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição de Curtas-Metragens em Língua Portuguesa
  • Portuguese Language Short Film Competition
  • Pedro Augusto Almeida, Portugal 2020,
  • Documentário (8')
O Mar Já Não Para Aqui (The Sea no Longer Stops Here)

Caldeira, estuário do Sado. Um mariscador e o seu amigo aproveitam a manhã para recolher os frutos da maré.

Caldeira, Sado estuary. A clam picker and his friend spend the morning collecting up the bounty of the tide.

Trailer: https://vimeo.com/414011258

  • Inês Ferreira-Norman, Portugal 2020,
  • Documentário (7')
Fraturização - Corroer

Uma reflexão inspirada em linguagem, partindo da expressão inglesa ‘carbon footprint’ e da veneração pelo plástico pela sociedade, leva a artista a uma viagem fenomenológica, a sentir os efeitos dessa impressão, da gravura, ‘na pele’, da poluição. Os efeitos nefastos da indústria pesqueira no mar não se limitam à poluição marinha das espécies, ao desperdício alimentar e ao bycatching, mas também à contribuição que o nylon faz para a ‘plastiglomeração’ do processo geológico. O impacto da poluição marinha passa para a terra, afeta os humanos, transformando-se num fóssil doloroso e silencioso.

A reflection inspired by language, which uses the English phrase ‘carbon footprint’ as its starting point and the veneration of plastic by society, leading the artist on a phenomenological journey, to feel the effects of this impression, engraving, ‘on the skin’, of pollution. The harmful effects of the fisheries industry to the sea is not restricted to species, food wastage and bycatching, but also the contribution that nylon makes to the ‘plastiglomeration’ of the geological process. The impact of marine pollution spreads to land, affecting humans, transformed into a painful and silent fossil.

Trailer: https://www.instagram.com/p/B79aqi1F_e1/

  • Mário Veloso, Portugal 2019,
  • Documentário (7')
Rio Torto

Uma geração em desaparecimento dá o último testemunho acerca de um rio saudável e de água potável, num lugar onde a paisagem bucólica se funde com o crescimento urbano e um dos moinhos de antigamente continua a girar.

A disappearing generation is the final witness of a healthy river and drinking water, in a place where the bucolic landscape merges with urban growth and one of the old mills continues to turn.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=VKL-by5NKfk

  • Leonor Teixeira, Portugal 2019,
  • Documentário (4')
Átomos de Luz

Uma voz perdida inicia a procura por algo concreto que consiga ver e sentir, numa viagem que trata a desconexão entre o Homem e a Natureza, e a sua possível reconexão.

A lost voice begins the search for something concrete that she can see and feel, in a journey that deals with the disconnection between Man and Nature, and its possible reconnection.

  • Rui Falcão, Portugal 2020,
  • Documentário (20')
A terra do passado (La Tierra de l Passado)

Numa terra encostada a uma esquina de Portugal, a língua que simboliza o seu passado caminha para a morte, de mãos dadas com o isolamento e o envelhecimento da sua gente. Como único professor de mirandês, Afonso procura passar essa herança enfraquecida para uma nova geração. Quando ele próprio recebe uma proposta para partir, a indecisão em abandonar a sua avó na hora mais frágil torna-se um reflexo do peso que a sua escolha poderá ter sobre o futuro da língua.

In a remote corner of Portugal, the language that symbolises its past is on its deathbed, intertwined with the isolation and ageing of its people. As the only Mirandese teacher, Afonso attempts to pass this fragilized legacy to a new generation. When he himself is offered an opportunity to depart, the indecision as to whether he can leave his grandmother in her weakest hour leads to a deep reflection about what his choice could mean for the future of the language.

Trailer: https://vimeo.com/431796573

17h00
Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia

Apresentação do Livro “Plasticus maritimus, uma espécie invasora"”

De Ana Pêgo (Autora), Isabel Martins (Autora) e Bernardo P. Carvalho (Ilustração).

Este livro contém informação sobre a relação entre o plástico e os oceanos. Inclui também um guia para preparar idas à praia, com o objetivo de colecionar e analisar exemplares desta espécie. Objetivo: motivar para a mudança.

A apresentação inclui, a exibição de “microanimações” realizadas com fragmentos e objetos de plástico encontrados na praia.

BOOK PRESENTATION “PLASTICUS MARITIMUS, AN INVASIVE SPECIES”.

By Ana Pêgo (Author), Isabel Minhós Martins (Author) and Bernardo P. Carvalho (Illustration).

This book contains information about the relationship between plastic and the oceans. It also includes a guide to prepare trips to the beach, with the aim of collecting and analysing samples of this species. The Goal? To bring about change.

The presentation includes “micro cartoons” made with fragments and plastic objects found on the beach.

18h00
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Internacional Longas-Metragens
  • International Feature Film Competition
  • Guillaume Mazeline
  • França 2019
  • Documentário 93'
Joel et Krystel, Our life to live

Joel e Krystel tinham tudo o que parece necessário para viverem bem: uma casa, uma família, um emprego. No entanto, querem mudar as suas vidas: “Não me estava a ver no mesmo emprego até aos 65 anos.” O desejo comum a ambos era a vinha: vender vinho? Não, vender o vinho DELES, um vinho orgânico e de qualidade. Querem criar algo que ainda não exista, que se pareça com eles e os deixe orgulhosos. Acima de tudo, querem ser livres.

Joel and Krystel had everything it seems necessary to live properly: a house, a family, a job. However, they want to change their lives: “I didn’t see myself doing the same job until 65.” Their common desire is expressed around the vine: to sell wine? No, sell THEIR wine, a quality and organic wine. They want to create something that did not exist before, that looks like them and of which they can be proud. Above all, they want to be free.

Trailer: https://vimeo.com/392452025

10h00
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Internacional de Curtas-Metragens
  • International Short Film Competition
  • Hristina Belousova, Cazaquistão e Uzbequistão 2020,
  • Documentário Experimental (3')
Here We Are

Veem estas belíssimas árvores? Estes troncos fortes e poderosos, os extensos ramos irrompendo em direção ao céu e projetando a sombra. Quantas memórias guardam… podem contar-nos a história do universo, porque as suas raízes são tão profundas, não é verdade? Não veem as árvores? Ah, desculpem. As pessoas vivem aqui a partir de agora.

Can you see these beautiful trees? These strong, powerful trunks, sprawling branches, soaring into the sky and casting the shadow. How much memories they keep… they can tell you the story of the universe, because their roots are so deep, aren’t they? Don’t you see the trees? Oh, sorry. People live here from now on.

Trailer: https://vimeo.com/412450564

  • Cláudio Cruz e Jaime Leigh Gianopoulos, Canadá 2020,
  • Documentário (25')
What About Our Future?

“What About Our Future?” acompanha a viagem dos Sustainabiliteens, um grupo de ativistas climáticos que organiza o maior protesto da história de Vancouver para exigir a tomada de medidas contra as alterações climáticas.

“What About Our Future?” follows the journey of the Sustainabiliteens, a group of climate activists as they organize Vancouver’s largest protest in history to demand climate action.

Trailer: https://www.whataboutourfuture.com/

  • David Regos, Espanha 2019,
  • Documentário (14')
Por un Puñado de Basura (A Fistful of Rubbish)

Documentário ambiental e Western dos tempos modernos, “A Fistful of Rubbish” é um filme curto que decorre no Deserto de Tabernas, em Espanha – o único deserto da Europa. Uma área célebre por ter sido o cenário de muitos Westerns famosos, está infelizmente a ser destruída pelo lixo. Não é apenas um vilão desagradável, mas uma ameaça à vida selvagem e ao ambiente. Mas agora, com a ajuda de alguns habitantes locais, um expatriado inglês está a formar uma equipa e a tratar do assunto com as suas próprias mãos. Literalmente.

A modern day Western environmental documentary, “A Fistful of Rubbish” is a short film set in the Tabernas Desert in Spain - Europe’s only desert. An area famous for being the backdrop of many famous Western films, sadly is being trashed. It is not only an unsightly villain, but a threat to wildlife and the environment. But now, with the help of some locals, an English ex-pat is forming a posse and taking things into his own hands. Literally.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=T6kEghA2Tw4

  • Tim Webster, Território Palestiniano Ocupado 2020,
  • Documentário (20')
Until the Last Drop

Na Faixa Ocidental, onde o acesso à água está a ser fortemente restringido para alguns, dois agricultores – um israelita e um palestiniano - cultivam a mesma terra, mas deparam-se gradualmente com oportunidades desiguais.

In the West Bank, where water access is being critically restricted for some, two farmers - one Israeli and one Palestinian, work the same land but face increasingly unequal opportunities.

Trailer: https://vimeo.com/392518526

  • Sebastian Diaz, Colômbia 2019,
  • Documentário (15')
Kuntur Marqa

KUNTUR MARQA é um périplo pelo distrito de Cundinamarca, no coração da Colômbia. Uma viagem pelos seus vales, charnecas e montanhas num paraíso que está a ser atingido pela mão do homem, razão suficiente para a sua proteção.

KUNTUR MARQA is a tour around the department of Cundinamarca in the heart of Colombia. Travel between its valleys, moors and mountains in a paradise that’s being affected by the hand of man, reason enough for its protection.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=8_N_IM_e9Do

11h00
Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição de Longas-Metragens em Língua Portuguesa
  • Portuguese Language Feature Film Competition
  • Miguel de Jesus
  • Portugal 2019
  • Documentário 80'
Cerro dos Pios (Bird’s Nest)

“Há uma década que não vejo o meu pai. Juntamente com os meus colegas da escola de cinema, parto para o lugar onde nasci e o reencontro parece inevitável.” Miguel de Jesus

“I haven’t seen my father for a decade. Together with my colleagues from cinema school, I return to the place where I was born, and a reunion seems inevitable.” Miguel de Jesus

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=b8MPdQcC34I

14h30
Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Panorama Regional
  • Regional Panorama Competition
  • Tiago Cerveira, Portugal 2020,
  • Documentário (15')
A Máscara de Cortiça

Todas as aldeias da serra da Lousã tinham sobreiros. No Entrudo, os velhos Cortiços eram utilizados como Máscaras. Corriam as aldeias de Góis para declamar as mordazes Quadras Jocosas e pregar partidas. Era um dia em que valia quase tudo.

Every village in the Lousã mountains used to have cork trees. During the Entrudo festival, the old Cork was used to make Masks. People ran through the villages of Góis hollering caustic jocular rhymes and playing tricks. It was a day when anything goes.

Trailer: https://vimeo.com/417260689

  • Gabriel Ambrósio, Portugal 2020,
  • Documentário (13')
Olaria Artesanal

A Olaria está a desaparecer, mas ainda há esperança e essa é demonstrada ao longo deste documentário, onde duas gerações de oleiros falam abertamente sobre o tema.

Pottery is disappearing, but there is still hope and this is shown through this long documentary where two generations of potters discuss the subject openly.

  • Edmundo Marquês e Vitor Pereira, Portugal 2020,
  • Documentário (17')
Barro Preto, Cultura e Tradição

As primeiras evidências da sua existência nestas terras surgem há séculos. Era vendido nos mercados vizinhos a feirantes que os levavam para sítios mais longínquos. Este foi o sustento de muitas famílias durante largas décadas, senão séculos. Talvez a gastronomia seja a principal razão pela qual esta tradição se mantém até aos dias de hoje. Tradição essa que nos faz pensar: afinal de contas, qual é a única peça tradicional que nestas terras existe em praticamente todas as casas? Barro Preto, Cultura e Tradição.

The first evidence of these objects in the country date back centuries. They were sold in neighbouring fairs to market vendors that took them to far-off places. It was how many families sustained themselves over decades, centuries even. Perhaps gastronomy is the main reason this tradition survives to today. The tradition makes us stop and think: at the end of the day, what is the only traditional object found in practically every home in these regions? Black Clay, Culture and Tradition.

14h30
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição de Séries e Reportagens Televisivas
  • Television Series And Reports Competition
  • Luís Henrique Pereira, Portugal 2019,
  • Documentário, RTP (28')
Homens e Lobos

O lobo-ibérico (Canis lupus signatus) está em vias de extinção em Portugal. No nosso território não há mais de 300 lobos em estado selvagem. Os criadores de gado continuam a queixar-se do atraso dos subsídios por causa dos ataques do lobo aos animais de pastoreio. Mesmo assim, a relação entre homens e lobos está a mudar. Os cães de gado têm regressado em força para proteger as ovelhas. Para evitar os ataques, estão a ser também introduzidas na floresta presas selvagens para o lobo se alimentar. Há investigadores que estão no terreno a monitorizar a espécie em Portugal.

The Iberian wolf (Canis lupus signatus) is an endangered species in Portugal. There are no more than 300 wolves living wild in the country. Livestock farmers continue to complain about the delay in subsidies for attacks by wolves on grazing animals. Even so, the relationship between man and wolf is changing. Sheepdogs have made a comeback to protect herds. To avoid attacks, wild prey is also being introduced into forests for the wolves to feed on. Researchers are monitoring the species on the ground in Portugal.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=f9uroLeRb6g

  • Susana Sousa Dias, Portugal 2019,
  • Documentário (41')
Fordlandia Malaise

Fordlandia Malaise é um filme sobre a memória e o presente de Fordlândia, a cidade fundada por Henry Ford na floresta amazónica em 1928. Dando voz aos habitantes que reivindicam o direito de escrever a sua própria história e rejeitar o rótulo de cidade-fantasma, Fordlandia Malaise combina imagens de arquivo, imagens de drone, contos e narrativas, mitos e canções.

Fordlandia Malaise is a film about the memory and current day Fordlandia, the city founded by Henry Ford in the Amazon forest in 1928. Giving voice to the inhabitants who have fought for the right to write their own history and reject the label of a ghost town, Fordlandia Malaise pulls together archive images, drone images, stories and narratives, myths and songs.

Trailer: https://vimeo.com/318009085

17h00
Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia

Cinema com escolas e novos públicos

A importância da função educativa na área do cinema contribui para estimular o gosto pelas obras cinematográficas e audiovisuais e para uma consequente criação de novos públicos. Neste âmbito, o Plano Nacional de Cinema é uma ferramenta de promoção da literacia para o cinema e de divulgação de obras cinematográficas nacionais junto do público escolar. Será que os festivais contribuem, também, para a aproximação do cinema às comunidades escolares?

Moderador (Moderator): Rúben Sevivas, UBI, CineEco

Oradores (Speakers): Paulo Cunha, UBI e Curtas de Vila do Conde e Camilo Cavalcante, realizador de Pernambuco.

| Transmissão simultânea no canal do Facebook do Festival. |

Cinema with schools and new audiences

The educational facet of cinema helps to nurture an appreciation of cinematographic and audio-visual works and consequently fosters new audiences. In this background, the National Cinema Plan is a tool to promote cinema literacy among school children. Do the festivals also contribute to bringing cinema closer to the school communities?

| Simultaneous transmission on the Festival’s Facebook page. |

18h00
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Internacional Longas-Metragens
  • International Feature Film Competition
  • Kathrin Reichwald
  • Alemanha 2020
  • Documentário 88'
The Village and the Wildfire

“Se estivermos todos unidos, conseguiremos fazer grandes coisas!” – 37 habitantes de Ferraria de S. João seguem este princípio. A pequena aldeia portuguesa situa-se entre uma enorme área de floresta de eucaliptos. Os eucaliptos, embora lucrativos para a florescente indústria do papel, são facilmente inflamáveis e, por conseguinte, constituem uma ameaça incontrolável para a população rural. Em 2017, a região foi atingida por um dos mais devastadores incêndios florestais em Portugal, em que 66 pessoas perderam a vida. A cineasta alemã é inesperadamente afetada por este desastre e, juntamente com a sua família, tem de fugir da aldeia para escapar ao perigo.
Os habitantes ficam e lutam para salvar as suas casas. Uma pequena comunidade que se mantém unida para enfrentar a sua maior crise. Juntos, iniciam um projeto inovador que tem como objetivo protegê-los das consequências das alterações climáticas e da globalização. Um filme que nos encoraja a agir.

If everybody works together, great things can be achieved!” – 37 inhabitants of Ferraria de São João follow this principle. The small Portuguese village lies hidden amidst an enormous expanse of eucalyptus forest. Eucalyptus, although lucrative for the booming paper industry, is easily inflammable and is therefore an uncontrollable threat to the rural population. In 2017, the region was hit by one of the most devastating forest fires in Portugal, killing 66 people. The German filmmaker is unexpectedly affected by this disaster and, with her family, has to flee the village to escape danger. The residents stay and fight to save their homes. A small community, sticking together in the face of their biggest crisis. Together they initiate a groundbreaking project that aims to protect them from the consequences of climate change and globalisation. A film that encourages us to act.

Trailer: https://www.filmschnitt24.de/films

Mais informação: https://www.amafilm.de/english/films/the-village-and-the-wildfire/

21h30
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Internacional Longas-Metragens
  • International Feature Film Competition
  • Miguel Coelho
  • França 2019
  • Documentário 79'
El Tren de los Pies Ligeros

El Chepe é o nome do comboio que atravessa o noroeste do México. Ele faz a ponte entre o mar e o deserto. No meio fica a grandiosa Serra Tarahumara. El Chepe é a personagem que nos guia nesse mundo isolado. Aí vivem povos indígenas - Yoreme, Raramuri e Menonitas - que preservam os seus modos de vida e a sua visão do universo. Como aproximar-se deles quando se é estrangeiro? O que pode ser a experiência de viajar quando se sonha com abrir veredas e deixar pegadas?

El Chepe is the name of the train that travels through northwest Mexico. It is the bridge that links the sea and desert, winding through the grandiose Tarahumara Mountains. El Chepe guides us through this isolated world. It is home to indigenous peoples – Mayo, Rarámuri and Mennonites – who preserve their lifestyles and outlook on the universe. How can you approach them as a foreigner? What is the travelling experience when you dream of opening pathways and leaving footprints?.

Mais informação: https://ifal.mx/peliculas/funcion-gratuita-el-tren-de-los-pies-ligeros

10h00
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Internacional de Curtas-Metragens
  • International Short Film Competition
  • ziREjA, Espanha 2020,
  • Experimental (9')
uNpACKAGING

O filme curto “uNPACKAGING” mostra-nos a verdade desconfortável de como o lixo começa por ser espalhado na rua durante uma festa ao ar livre, até chegar à natureza por diversas formas. Tendo como tema principal os custos ambientais das grandes festas de rua, este filme, que mescla ficção e ativismo, mostra-nos o lado “b” de todas as grandes festas.

The short film “uNPACKAGING” presents the uncomfortable truth of how trash starts by being left scattered on the street during an outdoor party, to how it arrives to nature by various ways. With the main theme being the environmental costs of large street parties, this film, which mixes fiction and activism, shows the “b” side of all massive parties.

Trailer: https://vimeo.com/320172565

  • Silvan Der Woerd e Jorik Dozy, Mongólia e Holanda 2019,
  • Ficção (13')
Sleepless - Repeat Until Death

Um mineiro mongol tira a filha doente da cidade altamente poluída e leva-a para ser consultada pelo xamã. Depois de encontrar uma nova casa junto dos criadores de renas na floresta, compreende que também o seu mundo está a mudar.

A Mongolian miner takes his sick daughter away from the heavily polluted city to see the shaman. Upon finding a new home with the reindeer herders in the forest, he learns that this world too, is changing.

  • Mariana Gaivão, Portugal 2019,
  • Ficção (25')
Ruby

O canto da madrugada desce a montanha queimada, ecoando no xisto de uma aldeia portuguesa. Ruby desperta e ergue-se na meia luz. No exterior, o seu cão Frankie fugiu. Filha de dois mundos, aquele que os pais ingleses deixaram para trás e a terra portuguesa que a viu crescer, mas que ainda lhe chama estrangeira, Ruby move-se entre as fronteiras de ambos, sem pertencer a nenhum. A sua melhor amiga, Millie, irá regressar a Inglaterra, e o fim da infância de ambas encontra-se com o fim de um dia quente de verão.

The chorus of dawn descends the burned mountain, echoing in the shale walls of a Portuguese village. Ruby awakens and stands in the half light. Outside, her dog Frankie has run away. Daughter of two worlds, the one that the English parents left behind and the Portuguese land of her upbringing that still calls her a foreigner, Ruby moves between the borders of both, without belonging to either. Her best friend, Millie, will be returning to England; the end of their childhood meets the end of a warm summer day.

Trailer: https://vimeo.com/376835269

  • Aleix Vilardebo, Espanha 2020,
  • Documentário (7')
 Joseba Cruz

Joseba Cruz é um espírito livre. Um homem que empreendeu uma aventura pessoal, libertando-se das algemas dos restaurantes de 3 estrelas para reinventar o conceito de haute cuisine. O documentário mostra como e porquê Joseba escolhe esta vida de Chef nómada.

Viajando até à terra da sua infância, recorda como o seu gosto pela gastronomia nasceu durante as suas viagens ao Pirenéus franceses e na pesca com mosca juntamente com o seu primo, e como viria a convertê-lo numa vocação, passando a sua juventude na cozinha do Can Fabes. Uma reflexão sobre as origens, sobre a verdadeira vocação de cada um e o papel do ambiente no processo criativo.

Joseba Cruz is a free soul. A man who undertook a personal adventure threwing off the shackles of 3 stars restaurants to reinvent the concept of haute cuisine. The documentary unveils how and why Joseba chose this life of nomad “Chef”. Through a road trip to the land of his childhood, he remembers how his thirst for the gastronomy aroused during his trips to the french Pyrenees fly-fishing with his cousin and how he turned it into a calling spending his youth in the kitchen of Can Fabes. A reflection about origins, the call of one’s true nature and the role of the environment into the creative process.

Trailer: https://vimeo.com/388285001

  • Jamie DiNicola, Palmer Morse, Matt Mikkelsen, EUA 2020,
  • Documentário (15')
Venture Out

Venture Out é uma história sobre superação, sobre o poder da resiliência e, em última análise, sobre os efeitos duradouros da construção da comunidade LGBTQ. O The Venture Out Project, fundado por Perry Cohen, é uma organização não-lucrativa que reúne as pessoas da comunidade LGBTQ em viagens a lugares da natureza selvagem. Ao partilharmos a história de Perry, e ouvindo o que dizem os outros participantes do TVOP, ficamos a conhecer um pouco das propriedades terapêuticas da natureza e dos laços criados pela comunidade, capazes de salvar vidas, forjados em resultado do trabalho de Perry.

Venture Out is a story of overcoming odds, the power of resilience, and ultimately, the ever-lasting effects of LGBTQ community building. The Venture Out Project, founded by Perry Cohen, is a non profit organization that brings LGBTQ folks together outdoors on wilderness trips. In sharing Perry’s story, and hearing from the other TVOP participants, we get a glimpse into the healing qualities of nature and life-saving community bonds that are being forged as a result of Perry’s work.

Trailer: https://vimeo.com/383923330

  • Martin Pizarro, Espanha e Chile 2020,
  • Documentário Experimental (3')
Naturaleza Viva - Live Nature

Live Nature é uma reflexão sobre o fim das relações de amor, e a fertilidade emocional que isso traz: começar de novo, tentar fazer crescer uma nova “floresta emocional”. Os postais de Aysén servem para se dizer que a natureza, tal como as emoções, está viva e em constante crescimento.

Live Nature is a reflection on the end of love relationships, and the emotional fertility that this brings: to start over, to try to grow a new “emotional forest”. Aysén’s postcards serve as support to narrate that nature as much as emotions are alive, constantly growing.

  • Harko Wubs, Países Baixos 2020,
  • Documentário Experimental (3')
The Human

Não obstante a definição oficial de um documentário sobre a natureza ser “um documentário acerca de todos os aspetos da vida, exceto o ser humano”, neste documentário podemos observar “o humano”. Uma mulher vai ao armazém de alimentos para caçar carne para a sua família. Ainda que haja muitas ovelhas, galinhas, porcos e vacas no armazém de alimentos, o desfecho é totalmente imprevisível…

Notwithstanding the official definition of a nature documentary as “a documentary about all aspects of life, except the human being”, in this nature documentary we observe ‘the human’. A female goes to the food storage to hunt meat for her family. Even though there are plenty of sheep, chickens, pigs and cows at the food storage, the outcome is by no means certain…

Trailer: https://youtu.be/FJE56Bqd2No

11h00
Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição de Longas-Metragens em Língua Portuguesa
  • Portuguese Language Feature Film Competition
  • Judit Kalmár e Céline Coste Carlisle
  • Portugal 2020
  • Documentário 87'
Silêncio - Vozes de Lisboa

Descrição: Silêncio - Vozes de Lisboa é um documentário que tem uma Lisboa gentrificada como pano de fundo. Seguindo os passos de Céline - uma estrangeira “local” que vive há 20 anos em Portugal - conhecemos Ivone Dias e Marta Miranda, duas artistas de diferentes gerações que lutam pela sobrevivência da sua arte e comunidade. A linguagem que partilham é o fado, um estilo de música tradicional que fala sobre a dureza da existência humana. Com as letras de fado a transportar-nos através da história, o filme explora a relação entre os fadistas e o mundo, sempre em mudança, que os envolve.

Silêncio - Vozes de Lisboa is a documentary set amongst the backdrop of a gentrified Lisbon. Following the footsteps of Céline - a local foreigner who has lived in Portugal for 20 years - we are introduced to Ivone Días and Marta Miranda, two singers from different generations who fight for the survival of their art and their community. Their common language is Fado, a traditional style of music that talks about the daily struggle of living. With the lyrics of fado songs taking us through the story, the film explores the relationship between fado singers and the ever changing world around them.

Trailer: https://vimeo.com/366818392

14h30
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição de Séries e Reportagens Televisivas
  • Television Series And Reports Competition
  • Vera Moutinho, Portugal 2019,
  • Doc., Público (11')
Anna mergulha no lixo para combater o desperdício alimentar

Há “comida perfeita” a ser deitada fora pelos supermercados todos os dias. Anna Masiello resgata-a e partilha no Instagram. O dumpster diving é só uma das “muitas coisas novas” que Anna quer dizer — e fazer — para resolver o problema do desperdício.

“Perfect food” is thrown out by supermarkets every day. Anna Masiello retrieves it and shares it on Instagram. Dumpster diving is just one of the “many new things” that Anna wants to discuss – and do – to solve the problem of wastage.

  • Alvynn Diage, Filipina 2019,
  • Documentário (45')
No Mad

O documentário NO MAD evidencia a forma como a associação ‘The Lifeboat Project’ está a trabalhar com o governo das Filipinas para combater a pesca ilegal (dinamite, cianeto), bem como a tentar criar um Santuário Marinho Interdito em Coron e a replantar coral com o auxílio da tecnologia BioRock.

NO MAD documentary highlights how the association, ‘The Lifeboat Project’, is working with the government of Philippines to combat illegal fishing (dynamite, cyanide) as well as trying to create a No-Take Marine Sanctuary in Coron and replanting reef with the use of BioRock technology.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=mcoHjXqYmwA

14h30
Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Panorama Regional
  • Regional Panorama Competition
  • Paulo Leitão, Portugal 2020,
  • Documentário (17')
A Cidade e as Serras em Tempo de Pandemia

A Cidade e as Serras em Tempo de Pandemia faz uma viagem ao isolamento natural e isolamento obrigatório no novo normal. Das aldeias mais remotas das serras do Açor, Estrela e Lousã, passando pelas mega metrópoles de São Paulo, Miami ou Sidney, em busca das emoções num tempo dramático e de incertezas. A solidão e o isolamento passou a ser uma realidade imposta, mas há quem a busque ou simplesmente tenha que viver com ela obrigatoriamente. Afinal estamos ou não sempre sós?…

The City and the Mountains in Pandemic Times is a journey to natural isolation and compulsory isolation in the new normal. From the most remote villages in the mountains of Açor, Estrela and Lousã, to the mega metropolises of São Paulo, Miami or Sidney, in search of emotions in dramatic and uncertain times. Solitude and isolation have become an imposed reality, but while some seek it, others are forced to live with it. Afterall, aren’t we always alone or not?

  • Luís Figueiredo, Portugal 2020,
  • Documentário (2')
Gerações, Tradições

Gerações e tradições, uma homenagem às gentes e raízes da nossa terra. Arrifana, uma aldeia do concelho de Seia, onde o povo se reunia junto ao forno da comunidade, para cozer o pão, o alimento mais importante e presente em todas as culturas, símbolo da vida, da força e do trabalho, da coragem e da saudade.

Generations and traditions, a tribute to the people and the roots of our earth. Arrifana, a village in the council of Seia, where the people gather around the community oven to cook bread, the most important food that is found in all cultures, a symbol of life, strength and work, courage and longing.

  • Luís Antero, Portugal 2020,
  • Documentário (8')
Som. Terra. Água.

“A vida, os sons da vida, marcam a paisagem sonora. Enquanto há vida, há som.” Carlos Alberto Augusto. O Som liga-nos à Terra… a que pisamos, a que sentimos, a que vivemos, a que almejamos… Como elemento primordial da paisagem, o som é vida.

“Life, the sounds of life, make up the sonorous landscape. While there is life, there is sound.” Carlos Alberto Augusto. Sound connects us to Earth, what we walk on, what we feel, what we desire. As a primordial element of the landscape, sound is life.

  • Paulo Vinhas Moreira, Portugal 2020,
  • Documentário (8')
Histórias de Contrabando _ A taberna

A taberna é o título de mais uma das histórias do contrabando. Mapeado e recolhido no concelho do Sabugal, o testemunho da D. Carmelinda d’Anunciação é gravado em 2017 na aldeia de Quadrazais, no preciso local, onde deu de comer e beber anos a fio aos principais protagonistas das lides da arte do “Contrabando para a barriga”. D. Carmelinda d’Anunciação é o testemunho claro de uma mulher raiana de garra que, sem nunca ir a Espanha, vai na volta, a Guarda Fiscal já lhe fazia uma visita. Não, e não era para comer nenhuma chouriça…

A taberna (The tavern) is the title of another story about smuggling. Depicted and collected in the council of Sabugal, D. Carmelinda d’Anunciação’s testament is recorded in 2017 in the village of Quadrazais, in the exact place where food and drink was given for years on end to one of the main protagonists in the art of “Smuggling for the belly”. D. Carmelinda d’Anunciação is an unequivocal witness of a determined border-town woman who, without ever going to Spain, gets paid a visit from the Customs Police. No, it was not to snack on a chorizo…

  • Aldeias de Montanha, Portugal 2020,
  • Documentário (2')
Quando Chegar o Momento

Há momentos em que apetece ver o quotidiano pelo retrovisor e ir para lugares únicos. As Aldeias de Montanha são o destino perfeito para estes momentos de fuga, seja para a fruição de ação ou meditação. Sempre com um acolhimento marcante e típico das aldeias. Há quem prefira momentos de calma, que permitam respirar com serenidade. Mas há quem queira aproveitar a ampla mobilidade e experimentar a liberdade de sair à descoberta. O destino perfeito será sempre a rede de Aldeias de Montanha, a garantia de viver a vida com a alegria ao máximo. As Aldeias de Montanha são um destino único. Pela natureza, pela cultura, pelos sabores ou mesmo enquanto refúgio para momentos de fuga. Há duas coisas que fazem toda a diferença e com a qual pode sempre contar. A natureza é autêntica. As pessoas são genuínas.

There are times when one feels like looking at everyday life through the rear-view mirror and going to unique places. Mountain villages are the perfect destination for these moments of escape, whether you are looking for action or meditation, with a typically hospitable welcome from the villagers always awaiting you. Some prefer moments of calm, to breathe in the serenity. Others prefer the wide-open spaces to experience the freedom and go on a journey of discovery. The perfect destination is the network of mountain villages, with a guarantee of living life to the full. Mountain villages are a unique destination. Because of the nature, the culture, the flavours or even as a refuge to get away from it all. Two factors make all the difference, which we can always count on. The nature is authentic. The people are genuine.

17h00

ecotalks

17h00
Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia

Cinema e Televisão

Qual é a melhor forma de entretenimento? A televisão ou o cinema? Um substitui o outro? Porque importa falar das interligações e diferenças nestas áreas, é relevante a discussão sobre esta convivência, para lá da plateia, ao encontro de novos públicos.

Moderadores (Moderator): Tiago Alves, jornalista, Cinemax RTP e Antena 1, CineEco

Oradores (Speakers): Susanna Lira, cineasta brasileira e Pandora da Cunha Telles, produtora Ukbar Filmes.

| Transmissão simultânea no canal do Facebook do Festival. |

Cinema and television

What is the best form of entertainment? Television or cinema? Can one replace the other? Given the pertinence of talking about the interconnections and differences in these areas, it is relevant to discuss how they are interrelated, beyond the viewers, to find new audiences.

| Simultaneous transmission on the Festival’s Facebook page. |

18h00

filmes

18h00
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Internacional Longas-Metragens
  • International Feature Film Competition
  • Boris Svartzman
  • França 2019
  • Documentário 71'
A New Era

Em 2008, as autoridades locais expulsaram 2000 habitantes de Guanzhou, uma ilha fluvial no Sul da China, de modo a ficarem com o caminho aberto para novos projetos de planeamento urbano. Apesar da demolição das suas casas e da pressão policial, um punhado de habitantes regressa à ilha. Durante sete anos, Boris filmou a batalha destes habitantes para salvarem a sua terra ancestral, das ruínas da aldeia onde a natureza, lentamente, se reafirma até aos estaleiros de construção da megacidade, que inexoravelmente avança sobre eles. Terão o mesmo destino dos cinco mil milhões de camponeses chineses que são expropriados anualmente?

In 2008, local authorities evict 2,000 villagers from Guanzhou, a river island in Southern China to make way for new urban planning projects. In spite of the demolition of their houses and police pressure, a handful of inhabitants return to the island. For seven years, Boris filmed their battle to save their ancestral land, from the ruins of the village where nature is slowly reasserting itself, to the worksites of the mega city which inexorably advances towards them. Will they share the same fate of five billions of Chinese peasants expropriated yearly?

Trailer: https://vimeo.com/362852646

21h30
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

  • Competição Internacional Longas-Metragens
  • International Feature Film Competition
  • Oliver Laxe
  • Espanha e França 2019
  • Ficção 90'
O Que Arde (Viendra le feu)

Amador Coro foi condenado por ter provocado um incêndio. Quando sai da prisão, não tem ninguém à sua espera. Regressa à sua aldeia, aninhada nas montanhas da Galiza, onde vive a mãe, Benedicta, e as suas três vacas. A vida deles decorre lentamente, ao ritmo tranquilo da natureza. Até ao dia em que um fogo vem devastar a região.

Amador Coro was sentenced for arson. When he leaves prison, nobody is waiting for him. He returns to his village, nestling in the mountains of Galicia, where his mother Benedicta lives, with her three cows. Life moves on slowly, at the peaceful rhythm of nature. Until the day a fire erupts to devastate the region.

Trailer: https://vimeo.com/368497821

11h00
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

O Segredo das bolachas (Versão portuguesa)

Panorama Infantil - Extra competição

Esta comédia de animação 3D é inspirada em bolachas em forma de animais. A história gira à volta de uma família que tem de usar uma embalagem dessas bolachas para impedir que o tio malévolo tome conta de um circo antigo caído em desgraça. Estreado em festivais de animação em 2017, este filme que começou a ser feito em 2015 e teve vida comercial na China em 2018, mas só em 2020 chega aos Estados Unidos e à Europa.

This 3D cartoon comedy is inspired on animal-shaped biscuits. The story revolves around a family that has to use a pack of these biscuits to prevent the malicious uncle from taking charge of an old circus that has fallen into disrepute. Debuting in cartoon festivals in 2017, the film began to be produced in 2015 and was commercially released in China in 2018, but only in 2020 did it arrive in the United States and Europe.

17h00
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

Na presença do executivo da Câmara Municipal de Seia e de alguns convidados, júris e realizadores nacionais presentes serão dados a conhecer os filmes premiados e entregues os respetivos prémios.

Award ceremony

In the presence of the executive of the Municipality of Seia and some guests, juries and national directors present will be made known the awarded films and presented the respective awards.

21h30
Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia

Sessão de Encerramento – exibição dos filmes premiados

Exibição dos filmes vencedores nas categorias:

Melhor Longa-Metragem Internacional - Grande Prémio Ambiente e, Melhor Curta-Metragem Internacional.

das 10h00 às 18h00

exposições

das 10h00 às 18h00
Galerias da Casa Municipal da Cultura de Seia

Tela a Tela, CineViagens

44 obras. 44 artistas. 44 filmes de animação. 44 works. 44 artists. 44 animation films.

A ideia para esta exposição está ancorada na atividade de Elsa Cerqueira, ao longo de mais de uma década no Cineclube de Amarante, no Clube de Cinema, no Plano Nacional de Cinema da Escola Secundária de Amarante e, no último triénio, na Filosofia com Cinema para Crianças. Desafiou 44 artistas a fruírem um filme de animação proposto por si e a criarem uma obra. As obras expostas, segundo uma diversidade de técnicas, percorrem a animação portuguesa e estrangeira.

Abertura realizar-se-á no dia 10 de outubro pelas 17h.

From screen to screen, cinematic journeys.

The idea for this exhibition is rooted on Elsa Cerqueira’s work over more than a decade at Amarante Cinema Society, the Cinema Society, the National Cinema Plan of Amarante Secondary School, and in the last three years, in Philosophy with Cinema for Children. She challenged 44 artists to take part in an animation film suggested by her, and they created a work of art. The items on display reflect a huge diversity of techniques and include Portuguese and foreign animation.

Opening will take place on October 10 at 17h.

das 10h00 às 18h00
Galerias da Casa Municipal da Cultura de Seia

Rumores do Mundo: Pessoas, Lugares, Outros Olhares

Centro de Estudos Ibéricos, Guarda. Center for Iberian Studies, Guarda.

O elevado número dos trabalhos, a diversidade de informação e a qualidade estética dos trabalhos submetidos à presente edição do Concurso (2019) aconselha que se dê o devido destaque a um conjunto de imagens representativas do amplo universo imagético em que se transformou o Transversalidades - Fotografia sem Fronteiras.
Ao privilegiar as pessoas e os lugares, a mostra dá a devida visibilidade a dois núcleos estruturantes dum discurso expositivo que faculta uma viagem a recônditos territórios e paisagens naturais e humanas dispersas por diferentes continentes.

Abertura realizar-se-á no dia 10 de outubro pelas 17h00.

Rumours of the world: people, places, other perspectives.

The high number of works, wide range of information and the aesthetic quality of the projects submitted to this year’s Contest (2019) calls for the need to highlight a set of imagens representative of the ample universe of imagery into which “Transversalities - Photography without Borders” has transformed.

By focusing on people and places, the display shines light on the two structural cores in an exhibitory discourse that comprises a journey to hidden terrains and natural landscapes and humans spread over the different continents.

Opening will take place on October 10 at 17h00.